sábado, 8 de setembro de 2012

A Alegria da Queda



Toda a natureza tende para baixo.
É a lei da gravidade e das muitas humanidades.

Caia.

Nada há de mais divino que isso.

Caem folhas das arvores no outono, caem anjos nos verões do céu.
Seja feliz na queda, abrace o precipício.
E goze a alegria louca nos poucos instantes
Da queda livre alucinada!

Nenhum comentário: