quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Sabe o Fulano?! (ou de como as 8 da manhã de sábado perdi mais um amigo por falar o que penso)

Luiz, cê não vai acreditar!!
...?
 Sabe Fulano..?!
Que é que tem ele?

Cara, cê não imagina...!
...
Fiquei sabendo agorinha! Ele assumiu que é gay!!!
...
...?
E aí?
Aí o quê?
Não vai falar nada?

Tou esperando você me falar a grande “bomba” sobre Fulano...

Mas então!?

Então o quê, jesus!?
Ce me ouviu? Fulano é gay!

E daí? Porque é que eu não acreditaria nisso?
Vai dizer que ce sabia!?

Sabia o que?
Que ele era gay!??

Era? Ora, pois então não é mais?
@%$*! Você sabe do que eu estou falando!

Você supõe que eu saiba. O problema é quando eu também suponho. Ta, ce quer saber se eu sabia que ele É homossexual? Não, não sabia. Mas também não sabia se ele era heterossexual...
Coméquié?

Sabe...Heterossexual; Pessoas que se relacionam sexualmente com pessoas do sexo oposto.
Eu sei o que que é “hétero”!

E então.
Então o quê?

Então eu nunca soube se fulano era heterossexual, daí também não saber se ele era homossexual... Também não sei de você. Porque é que eu saberia? Nunca me interessei na verdade.
Mas que porra de conversa é essa?

Cê já me viu fazer sexo com alguém?
Que merda, claro que não! E por que eu veria!?

(É mesmo...Por que você veria..?) Então!? Como é que você sabe se eu sou gay ou não? Como é que sabe que eu não gosto de homem?
Mas você é casado e tem filho!!

Fulano também. Você também.
Tá querendo insinuar o quê? Que eu sou gay? Que você também é gay?

Uai e se eu fosse? Ia sair daqui correndo e contar absurdado pra algum amigo como se fosse a coisa mais fantástica do mundo?
Mas...

Híí...Já ta me olhando esquisito. Afastando a cadeira... O quê que há “bofe”? Tá com medo que eu te pegue? Hahahaha!
Pára!

Pra sua informação (e provável decepção), não, eu não sou homossexual, se é que isso é da sua conta.
Mas o que me deixa pasmo é você vir aqui falar de um cara que a gente conhece há vinte e tantos anos de um aspecto da vida dele que a gente não sabia (e ainda não entendi porque diabos a gente deveria saber ou não saber disso), mas parece agora que ele veio de Saturno ou que tem tentáculos.

Ô, né preconceito não! Mas, cara, porque ele não falou pra gente?

E pra quê ele falaria? Que é que isso interessa? Alguma vez você já me disse que era hétero?

Né isso não!
...?
É que...sei lá. Parece que eu não sei mais nada sobre Fulano...

Só porque “por acaso” o cara assumiu que é gay? Bom, aqui vai o que eu sei de Fulano: Cara legal, conta péssimas piadas, dança bem, me roubou uma namorada na oitava série, adora os filhos, briga, com a esposa, gosta de Creedence (eca!) e me deve uns oitenta reais (aquele dali não paga gente viva!)...Ah e “agora” é gay!

Mas custava falar?
De novo: Pra quê? Que diferença faz? Você ta com quarenta anos e tá reagindo assim. Imagina como reagiria se ele te falasse quando éramos moleques...
Eu realmente não entendo porque isso te incomoda tanto...! Pleno século vinte e um e alguém ainda se impressionar com a sexualidade dos outros como se fosse o fim do mundo!

Puta merda! Mas cê faz discurso pra tudo einh?

É um estilo de vida... E eu tava cuidando da minha quando você veio me enfiar a vida de fulano orelhas adentro.

Mas tem que me fazer sentir o sujeito mais preconceituoso do mundo?
Você é um filho da puta, Luiz!

(De novo) É um estilo de vida. Igual ao seu, de ser preconceituoso sem ser preconceituoso. Igual ao de fulano, que tem o direito de ser quem e o que é e falar disso ou não e você não tem porcaria nenhuma a ver com isso. Mais alguma coisa?

Só uma...Porque é que você não vai se fod@#$%?

“Me” fod@#$%? Não, obrigado. Isso daí é coisa que eu prefiro fazer com outra pessoa... Eu gosto de fazer assim. Espero que não seja um problema pra você.

%$#&@&#!!!!!


Ora, amém irmão! E lembranças a sua senhora...!